Seminário avança na discussão sobre o uso de Biogás em transportes urbanos

Foto: ASCOM CEGÁS

A discussão sobre como implementar uma logística sustentável para os transportes urbanos em Fortaleza marcou a abertura da 7ª edição das Semanas Inovação Suécia-Brasil, nesta segunda-feira (19), no auditório da Companhia de Gás do Ceará (CEGÁS). Foi realizado na ocasião o seminário “Biogás: uma cadeia sustentável para o transporte público”.

Estiveram presentes à mesa a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o diretor-presidente da Cegás, Hugo Figueiredo, o vice-ministro da Indústria e Tecnologia da Suécia, Niklas Johansson, o embaixador da Suécia no Brasil, Per-Arne Hjelmborn, o diretor de Assuntos Governamentais da Scania, Gustavo Bonini. Participaram do momento autoridades políticas locais e profissionais do segmento de Gás e Energia.

O presidente da CEGÁS, Hugo Figueirêdo, fez palestra com o tema “A Experiência da Cegás no Fornecimento de Gás Natural Renovável”. “A CEGÁS tornou-se, desde maio passado, a primeira distribuidora do Brasil a injetar na sua rede de gasodutos o gás natural renovável (GNR). Obtido a partir da purificação do biogás gerado pela decomposição do lixo do aterro da Região Metropolitana de Fortaleza, o GNR já está sendo entregue a todos os clientes residenciais, comerciais, industriais e veiculares. Atualmente, 15% do gás natural comercializado no Ceará para esses segmentos já é completamente renovável”, disse Figueirêdo.

Para Izolda Cela, o plano de usar o biogás no transporte público representa uma inovação na preservação do meio ambiente e deve colocar o Ceará como um exemplo para todo o Brasil.

“Isso é uma das coisas mais promissoras que os compromissos de um governo podem assumir. Trata-se exatamente de transformar aquilo que hoje representa problema seríssimo, poluição, conflitos entre desenvolvimento e sustentabilidade. É redefinir essa cadeia que hoje é viciosa para um circuito virtuoso em que o lixo, por exemplo, o esgoto, os resíduos da agricultura, simplesmente se transforme em energia, que vai ser utilizada no transporte público, que por sua vez vai deixar de ser uma das áreas poluentes e que comprometem o bem-estar das pessoas”, disse.

O seminário reuniu especialistas suecos e brasileiros da cadeia de valor do biogás para compartilharem conhecimento e discutir as melhores formas de se implementar a cadeia sustentável na Capital. O encontro teve em sua programação workshops, painéis e palestras, além da apresentação de um ônibus da Scania movido a biometano.

O IVL (Instituto de Pesquisa Ambiental da Suécia) participou do evento com apresentação acerca da experiência do país nórdico na implementação de uma cadeia de biogás no transporte público

Fortaleza

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, destacou o exemplo positivo da Suécia que, em pouco mais de 20 anos, utilizou o lixo como fonte fundamental de combustível e energia no país, sendo referência para o mundo em políticas de sustentabilidade. Segundo ele, através de planejamento pactuado entre Governo do Ceará, Prefeitura e parcerias privadas, será possível implementar e ter resultados positivos para benefício da sociedade cearense.

“Além da questão da inovação em si, tem um ganho concreto para a sustentabilidade. Hoje nas cidades do Brasil as duas principais fontes de emissão de carbono na atmosfera são, nesta ordem, transporte público e lixo. Em fazer do lixo combustível para o transporte público, está se ligando as duas principais fontes de emissão de carbono. É algo possível de se fazer aqui. A ideia é que tenhamos pelo menos uma linha de transporte em teste na cidade. Se for mostrada a eficiência, poderemos replicar a experiência”, explicou.

Brasil-Suécia

O embaixador da Suécia no Brasil, Per-Arne Hjelmborn, enfatizou a importância do seminário para incentivar a pesquisa científica e o investimento público na energia sustentável.

“No mundo em que estamos vivendo, tanto no Brasil como na Suécia, temos passado por transformações cada vez mais rápidas e questionado velhos padrões. Com a introdução de novas tecnologias, novos modos de produção, novos produtos e indústrias completamente redefinidas. Neste contexto, o biogás possui um grande potencial. A Suécia possui hoje um dos transportes públicos mais limpos do mundo. O vasto conhecimento científico da Suécia e os incentivos do governo para isso fez com que 90% da rede de gás veicular seja composta por biogás. A substituição foi feita de forma gradativa e com benefícios a todos os setores. É possível fazer essa mudança”, afirmou.

O seminário é parte de uma extensa programação que tem por objetivo promover a Suécia como aliada de longo prazo do Brasil nas áreas de ciência, tecnologia e inovação. Entre os dias 19 e 30 de novembro, a Embaixada da Suécia, em parceria com entidades, instituições e empresas brasileiras, vai articular encontros de profissionais e universitários para discutirem esses temas.

Foto: ASCOM CEGÁS

Visita à GNR

Na manhã desta terça-feira, uma missão de técnicos da Suécia visitou as instalações da Estação de Transferência e da Planta de Produção de Gás Natural Renovável, empreendimentos realizados por meio da parceria entre a  CEGÁS, Prefeitura de Fortaleza e a Gás Natural Renovável Fortaleza.

A CEGÁS construiu um gasoduto de 23km e faz a distribuição do Gás Natural Renovável (GNR) proveniente do aterro sanitário da Região Metropolitana de Fortaleza para indústrias, veículos, comércio e residências da rede de clientes da empresa.

*com a Assessoria de Comunicação do Governo do Ceará

Paulo Mota

Assessor de Comunicação e Marketing

E-mail: paulo.mota@cegas.com.br

Tel: 085 3266-6924

Cel: 085 98902.5661

Notícias recentes

CEGÁS e Cine Ceará apresentam filmes de cinema de animação realizados por alunos de escolas públicas.

por Rondnei

Alunos de três escolas públicas de Fortaleza participaram de um novo projeto de audiovisual realizado pelo Cine Ceará, em parceria […]

CONTINUE LENDO

CEGÁS encerrou 2018 com recordes históricos de consumo na maioria dos segmentos de distribuição no Estado

por Paulo Mota

A Companhia de Gás do Ceará (Cegás) encerrou o ano de 2018 com um volume médio de gás natural comercializado, […]

CONTINUE LENDO

Programa Mais Você, da Rede Globo, veicula reportagem sobre o GNR distribuído pela CEGÁS

por Paulo Mota

A TV Globo veiculou hoje no programa Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga, uma reportagem sobre a distribuição de […]

CONTINUE LENDO