CEGÁS entrega Selo Verde para indústrias de Maracanaú

 

A Companhia de Gás do Ceará (CEGÁS) entregou na sexta-feira passada no Espaço CEGÁS de Cultura, em sua sede, o Selo Verde CEGÁS para empresas clientes do distrito industrial de Maracanaú. A solenidade contou com a presença do presidente da CEGÁS, Hugo Figueirêdo, do presidente da Associação Empresarial de Indústrias (AEDI), Mozart Martins, e de representantes de clientes e fornecedores, especialmente convidados para o evento.

O Selo Verde é uma ação que visa distinguir os clientes da CEGÁS como usuários de um tipo de energia mais limpa, inovadora e eficiente. A exemplo de outros selos de certificação, que agregam valor aos seus detentores, o Selo Verde é distribuído entre os clientes residenciais, veiculares, comerciais e industriais da CEGÁS, para que sejam exibidos para seus clientes, moradores, passageiros e funcionários.

Atualmente, cerca de 15% do gás natural distribuído pela CEGÁS é gerado a partir da decomposição de resíduos orgânicos depositados no Aterro Sanitário de Caucaia, principal destinação de todo o resíduo sólido recolhido em Fortaleza. Trata-se do GNR (Gás Natural Renovável), combustível produzido numa planta da unidade de captação e tratamento instalada no aterro.

Além da geração de energia, o GNR evita que mais de 610 toneladas de CO2 sejam lançadas na atmosfera anualmente, equivalentes à retirada diária de mais de 800 mil litros de diesel do setor de transportes. Isso contribui para minimizar a emissão de gases de efeito estufa, contribuindo positivamente para as futuras gerações.

Na rede de distribuição da CEGÁS, O GNR é misturado ao gás natural extraído no mesmo processo de produção do petróleo. O gás natural é considerado um combustível mais limpo e seguro, já que não apresenta restrições dos órgãos ambientais, melhora a qualidade do ar e dispensa equipamentos de controle de emissões. Além disso, o gás natural não emite cinzas e praticamente elimina a emissão de compostos de enxofre e dispensa a manipulação de produtos químicos perigosos. Por ser mais leve do que o ar, ele é mais seguro, já que não se acumular no ar.

O presidente da CEGÁS, Hugo Figueirêdo, agradeceu a parceria com a AEDI e disse que o objetivo do Selo Verde é agregar mais valor às marcas das empresas clientes da empresa. Segundo ele, o selo permite associar à imagem dos seus detentores valores de proteção do meio ambiente e de incentivo de práticas de vida saudável.

O presidente da AEDI, Mozart Martins, parabenizou a CEGÁS pela criação do Selo e pela realização do evento. “A CEGÁS está de parabéns por procurar se aproximar mais de seus clientes e por instituir um selo que só valoriza a marca de seus detentores. Nós, da AEDI, ficamos felizes por iniciar essa parceria”, disse.

 

Paulo Mota

Assessor de Comunicação e Marketing da Cegás

E-mail: paulo.mota@cegas.com.br

Tel: 085 3266-6924

Cel: 085 98902.5661

Foto por Letícia Marques

 

Notícias recentes

Companhia de Gás do Ceará convoca mais um aprovado em seu último concurso público

por Ana Jéssica de Oliveira Batista

CONCURSO PÚBLICO CONVOCAÇÃO PARA ADMISSÃO   O Presidente da Companhia de Gás do Ceará – CEGÁS, no uso de suas […]

CONTINUE LENDO

CEGÁS ganha o Selo Ouro da Secretaria de Cultura do Ceará por ações de apoio ao desenvolvimento da cultura cearense

por Paulo Mota

A Companhia de Gás do Ceará (CEGÁS) ganhou a categoria ouro do Selo de Responsabilidade Cultural 2018, destinado ao reconhecimento […]

CONTINUE LENDO

Espaço CEGÁS de Cultura abre com mostra de clássicos da pintura cearense

por Paulo Mota

                    Obras de Raimundo Cela e Aldemir Martins estão expostas no […]

CONTINUE LENDO